Images are copyrighted by their respective owner and you don’t have permission to download them.

Close
blockchain, empreender, Eventos Realizados /

Iniciando seu Projeto em Blockchain – Confira como foi nosso evento do dia 05

Na noite de segunda-feira, dia 5 de novembro, tivemos a presença de dois dos organizadores do CoLab, Sandra Heck e Eliziel Rodrigues. Contaram um pouco sobre os objetivos do CoLab e sobre o Blockchain Research Group, após, chegaram ao assunto principal: como iniciar seu projeto em blockchain.

O Blockchain Research Group (BRG) é um grupo de pesquisa, ou seja, um grupo de pesquisadores e estudantes que se organizam em torno de uma ou mais linhas de pesquisa de uma área do conhecimento a fim de desenvolver pesquisa científica. Dessa forma, o grupo é uma reunião interdisciplinar de pesquisadores, estudantes, profissionais e demais interessados na temática do blockchain que tem o propósito de criar conhecimento acadêmico e gerencial de amplitude internacional nos diferentes contextos de aplicação desta tecnologia.

Diferente do BRG, o Blockchain CoLab tem como principal objetivo Ser um hub colaborativo que conecte pessoas, disseminando conhecimentos em Blockchain, inspirando indivíduos e organizações a experimentar modelos interativos de inovação que contribuam com soluções em benefício dos negócios e da sociedade. Assim, algumas das ações realizadas são capacitações, workshops, fóruns, mentorias, soluções, consultorias e pesquisa e desenvolvimento aplicados. 

Primeiramente, Sandra aborda o conceito de “Internet de valor”, ou seja, a internet como fator impulsionador da economia. A partir disso, questiona as consequência de um mundo no qual quase tudo é programável, bem como a concentração de poder (dinheiro) nas mãos de poucos, gerando, consequentemente, uma grande desigualdade social. Além disso, salienta que, atualmente, estamos ainda em um ambiente empírico quando levamos em conta pesquisas em blockchain, ou seja, o conhecimento base ainda está em construção.

A partir disso, os dois palestrantes apresentam um modelo de caminho a ser seguido por projetos nessa área (figura abaixo).

Primeiramente, deve-se entender o caso e verificar a aplicação ou não da nova tecnologia (estágio exploratório). Após, há o entendimento do processo, bem como o mapeamento desse mesmo processo com a utilização do blockchain (estágio do descobrimento). O terceiro estágio, de desenho, é onde o novo processo mapeado é realizado na prática, sendo criado o protótipo, o mais próximo da versão final possível. É no desenho que a ideia é validada. Os últimos dois estágios, construção e projeto, são, respectivamente, a implementação e finalização do projeto.

Segundo o Gartner Institute, existem quatro tipos de iniciativas em blockchain, como mostra a figura abaixo. Essas quatro formas se diferem, principalmente, na forma como a empresa funcionará após a implementação do projeto e no objetivo do projeto, redução de custo ou geração de novas receitas.

Por fim, foi discutida no grande grupo a importância de experimentar com essa nova tecnologia que, como apresenta o gráfico abaixo, ainda está entre os primeiros estágios de evolução de tecnologia emergentes (Garter Institute).


Para ir além


Próximo Evento:

 

Siga o MeetUp da Blockchain CoLab

Ou Fique ligado nos nossos eventos também no Facebook

 

Leave a reply

EnglishPortuguese