Images are copyrighted by their respective owner and you don’t have permission to download them.

Close
Blockchain Research Group, Empreendedorismo /

As 50 empresas que estão liderando a aplicação do blockchain em seus setores

A Forbes realizou uma pesquisa com a ajuda de consultores e outros especialistas para identificar grandes empresas que estão explorando ativamente aplicações do blockchain e criou, em abril, a lista “Blockchain 50: Billion Dollar Babies”, uma lista com as 50 empresas que estão liderando a adaptação do blockchain às próprias necessidades operacionais. Todas possuem receitas ou valorizações mínimas de US$ 1 bilhão e têm operações nos EUA.

 

É irônico perceber que os fundadores e primeiros entusiastas do blockchain enxergavam na tecnologia uma rede pública global de indivíduos conectados direta e democraticamente, sem qualquer intermediário, e as experimentações, no entanto, estão sendo feitas por empresas, muitas das quais intermediárias de uma cadeia, que constroem redes privadas para futuramente lucrar com o gerenciamento centralizado.

Confira alguns casos de uso

O Insidly separou um caso de uso em cada um dos quatro maiores setores – Tecnologia da Informação, Alimentação e Bebidas, Finanças e Varejo – para aprofundar um pouco mais:

Nestlé

ALIMENTAÇÃO E BEBIDAS
Nos últimos dois anos, a Nestlé vem testando o blockchain em mais de dez projetos. Segundo a Forbes, o mais promissor é uma parceria com a IBM Food Trust que aplica o blockchain no rastreamento da proveniência de ingredientes alimentícios em diversos produtos. Com isso, os custos com as doenças transmitidas por alimentos, que chegam a US$ 55 bilhões por ano, podem ser reduzidos. Espera-se que a rede seja disponibilizada na Europa ainda este ano.

CVS Health

VAREJO
Por meio de uma subsidiária, a Aetna, a CVS Healthparticipa de um grupo, o Health Utility Network da IBM, que trabalha para criar um registro distribuído de informações disponíveis para pacientes, fornecedores e seguradoras. Entre os projetos estão a publicação de credenciais médicas invioláveis para a consulta de pacientes e a combinação de dados de diferentes seguradoras para facilitar o compartilhamento de informações entre médicos e seguradoras, evitando, assim, prescrições conflitantes, algo que pode melhorar o atendimento e reduzir custos.

IBM

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
Com suas redes de blockchain conectando mais de 85 cadeias e com mais de 100 patentes de blockchain, a IBM é uma das líderes do setor. Ela trabalha para comercializar a tecnologia em sua versão empresarial do Hyperledger Fabric, a IBM Blockchain. Outros projetos incluem a World Wire, uma plataforma de câmbio que busca substituir a Swift, e a TradeLens, um serviço de transporte de supply chain co-desenvolvido com a gigante de transporte Maersk.

UBS

FINANÇAS
Segundo a Forbes, o projeto mais ambicioso do banco UBS é a Utility Settlement Coin (USC), que permitiria aos bancos centrais usar dinheiro digital em vez de suas próprias moedas para movimentar dinheiro entre si. O projeto é uma parceria entre a empresa e BNY Mellon, Deutsche Bank e Santander. É um movimento ousado, já que o uso de criptomoedas entre os bancos centrais poderia torná-los mais dispostos a movimentar suas próprias moedas nacionais em um blockchain.

Leave a reply

EnglishPortuguese